suspension

Quando suspendemos algo, o que acontece ao que ca para trás ?
Este é o ponto de partida para a observação e questionamento dos fenómenos que nos rodeiam. E no que deixamos para trás, quando -para os compreender-, os suspendemos. Não se pretende um olhar focado no objecto ou situação, não se pretende também apresentar respostas, nem apontar ou dissecar a forma ou a qualidade do que está suspenso.
Pretende-se questionar aquilo que suspende, que desmembra e analisa, que motiva e detém a vontade de fazer, levantar ques- tões em torno da forma como [aquilo que é suspenso] ganha uma dimensão muito própria e antípodal da anterior quando se encontra ou é colocado nessa condição.

Esta mostra, primeira parte de duas, foca-se no processo de suspensão, abrindo caminho para a segunda parte (setembro de 2017), onde o foco recai naquilo que é deixado para trás, quando se suspende um objecto, um estado, um momento ou mes- mo uma ideia. Nesta exposição, Pedro Inock apresentará trabalhos de Videoarte, instalação e pintura, contando com um live Act do duo SOMA, que responde ao convite e procede a contribuir e analisar -através de uma exploração mais experimental e ao vivo- as questões levantadas neste trabalho. O Duo composto por Aísa Araujo e Diana Combo, apresenta “I” e “II”, dois momentos de criação AV, que de uma forma ritmica e consistente, reforçam a inquietação deste tema.

SUSPENSÂO [parte 1]
uma exposição de Pedro Inock
+ Live Act de SOMA [Aísa Araujo e Diana Combo]

[More content available soon]